Acompanhe:
Browsing Tag:

poe vader

    Pessoal

    Coisas aleatórias e importantes dos últimos dias

    Eu nem acredito que eu vou dizer isso… Mas ok, vamos lá, respira fundo…
    Eu estou de férias.

    Eu sei que isso acontece todo o semestre, mas se vocês me perguntarem lá pro fim de maio ou de outubro, eu provavelmente vou dizer que o fim do semestre não vai chegar nunca. E essas semanas finais são tão rock and roll que, agora, eu estou sentada na frente do computador com essa única aba aberta, porque eu não lembro direito como eu conseguia passar tanto tempo na internet. Honestamente, eu nem lembro a última vez que eu parei pra responder comentários aqui ou ver os posts novos (que agora já estão velhos e eu ainda não vi) dos blogs que eu gosto.

    Até agora a única coisa que eu fiz com as minhas férias foi comprar um pijama novo, R$50,00 em doces Fini, Fanta e Ruffles e ver uma temporada inteira de Hora de Aventura de uma vez.

    Reprodução

    Reprodução

    A boa notícia é que eu tenho, na real, uns vinte posts planejados pra cá, e agora eu definitivamente vou ter tempo para preparar isso tudo. ❤️ Esse post aqui, por sua vez, serve para eu contar um resumão do que rolou na minha vida nesses últimos dias, que merecem menção mas que, talvez, não rendessem muito em um post só pra eles.

    A primeira coisa, decididamente, é que a Evey na verdade é Poe. Um belo dia eu estava no trabalho e recebi uma mensagem do Euclides perguntando como eu me sentiria se descobrisse que na verdade a gente tinha um bro na casa. Pra quem não sabe, diferenciar o sexo de um gato é bem mais difícil do que o de um cachorro, por exemplo, porque machos e fêmeas são muito parecidos, tanto em aparência quanto em comportamento. Então lá fomos nós procurar vários tutoriais na internet de como dizer se eu gato é macho ou fêmea. Hoje eu me orgulho de ser uma expert no assunto, se algum de vocês tiver alguma dúvida, pode me perguntar que eu vou saber, hahahaha.

    O Poe é tipo o gato mais legal do mundo. Eu nunca vi um gato tão manso, companheiro e amoroso que nem ele. Eu ainda posto sobre ele todos os dias no twitter e no snapchat, e a tag #AConquistadoGatinho continua firme e forte!

    A segunda coisa provavelmente é mais importante que o gênero fluído do meu gato, mas, pra mim, é uma notícia tão velha que já faz parte da minha vida há meses e a informação é só formal: eu e o Euclides assumimos o noivado publicamente. Por quê essa é uma informação formal? Porque nós basicamente nos pedimos em casamento todos os dias, o tempo todo, durante o último ano, de forma que eu nem lembro direito quem começou com isso (ele diz que foi ele, então a gente trabalha com essa info).

    Nós decidimos esperar o aniversário de dois anos de namoro pra jogar a notícia na rede (mais porque a família dele adora um motivo pra reunir todas as 300 pessoas pra comemorar qualquer coisa e encher a cara de comida – e não tem ninguém aqui reclamando disso). Muita gente perguntou como foi o pedido, se foi romântico, se eu já esperava… Gente, como assim? Eu juro que não entendo MESMO, a ideia era que eu nem imaginasse que ele, coincidentemente assim como eu, quisesse passar o resto da vida junto?…. Tipo, pra quê eu ia querer investir em um relacionamento que eu não quisesse que durasse pra sempre? (talvez isso aqui renda um post algum dia).

    E, sobre o pedido, eles são mais ou menos assim:

    – Ow.
    – Oi.
    – Quer casar comigo?
    – Quero.
    – Sério mesmo?
    – Serião.
    – Fechou então.

    E o mais recente foi assim:

    – Eu preciso que você tome duas decisões sobre coisas muito importantes e precisa ser agora.
    – Ok, pode falar.
    – A primeira pergunta é se você quer casar comigo.
    – Quero.
    – Ok. A segunda pergunta é se você quer comer um temaki quando a gente sair daqui.
    – Quero.
    – Fechado.

    Se isso não é romântico, então eu não sei o que é.

    O casamento obviamente ainda não tem data, mas vai ficar pra depois da formatura. Não vai rolar festa na igreja e nem vestido branco. Eu gosto mais da ideia de uma festa à fantasia com trilha sonora de filmes e séries.

    Considerem-se convidados.

    Compartilhe:
    Comente: