Acompanhe:
Geek Quadrinhos

#LendoSandman: A Casa das Bonecas

2016-05-14-18-38-02

Dando continuidade ao projeto de leitura Lendo Sandman, idealizado pelo blog Pipoca Musical, no post de hoje eu vou contar um pouquinho pra vocês sobre A Casa das Bonecas, ou os volumes 9 a 16 da série, que contém algumas das minhas histórias favoritas, incluindo a primeira delas.

Tendo o Sonho recuperado suas ferramentas e o poder sobre o próprio domínio – O Sonhar – além do pouco apresso que ele tinha pela própria existência, nesse volume nós somos primeiramente apresentados à lenda de Nada, contada de pai para filho de uma tribo de guerreiros do deserto. Segundo a história, aquela terra seca e abandonada era, antigamente, um vale rico e fértil, e aquela nação, os primeiros homens que andaram sobre a terra, eram governados com bondade e justiça por Nada, uma rainha jovem e sábia que não acreditava haver, no mundo, homem que pudesse comandar ao lado dela. O único homem por quem ela se apaixona é um estranho visitante que desaparece assim que é visto e que, mais tarde descobrimos, trata-se do próprio Sonho, de forma que o romance entre ambos é algo impossível, já que ele está acima de homens e deuses.

2016-05-14-18-38-11-hdr

Talvez aqui seja a primeira vez em que temos certeza de que o Sonho (por maior que seja a minha crush nele) é uma entidade infantil, mimada e teimosa, além de impensavelmente poderosa. Nós, que o acompanhamos em sua descida ao Inferno, sabemos qual foi o castigo de Nada por rejeitá-lo para tentar salvar seu povo.

Nós também somos apresentados pela primeira vez às irmãs gêmeas dos Eternos: Desejo (que às vezes é homem, às vezes mulher) e Desespero. Ambas são cruéis de sua própria maneira, e ambas gostam de brincar com o reino e a certeza de seu irmão mais velho – e isso vai tomar proporções descontroladas no futuro da história. Também conhecemos a humana Rose Walker, o Vórtex do sonhar dessa nova Era, capaz de entrar e sair do reino de Sonho sem querer e sem ser convidada e que, além disso, representa um potencial perigo de absoluta destruição do mundo através do sonho. É uma preocupação a mais, além dos quatro habitantes do Sonhar que desapareceram enquanto seu senhor era prisioneiro.

2016-05-14-18-38-37-hdr

Rose é uma adolescente comum, com mais problemas do que gostaria de ter. Ela recentemente descobriu-se neta de Unity – uma das muitas pessoas afetadas pela prisão de Sonho, e que passou a maior parte de sua vida dormindo, inclusive não estando acordada durante a concepção e nascimento de sua filha. Agora, desperta pela primeira vez em décadas, Unity quer reunir a família que ela nunca conheceu, levando Rose e sua mãe para Londres. O irmão menor de Rose, Jed, no entanto, está, teoricamente, aos cuidados da família do pai. O que elas não sabem é que sua “família” o mantêm em condições horríveis e desumanas, tendo como único consolo o lugar mágico para onde vai quando sonha. Em seus sonhos ele frequentemente encontra o Sandman: um divertido super-herói que leva sonhos bons para todas as crianças.

A partir daí, localizar Jed torna-se missão de Rose, enquanto localizar Brute e Glob, dois dos pesadelos que escaparam do Sonhar, torna-se a missão de Morpheus. As duas criaturas esconderam-se dentro da mente de Jed, erguendo ao redor de si um novo Sonhar, levando para lá, inclusive, um novo Sandman (que é, inclusive, Hector Hall, um personagem bastante recorrente do universo DC-Vertigo) e Lyta, sua esposa, uma antiga super-heroína que, grávida, sente que sua mente se esvai a cada dia dentro do “Sonhar” onde ela vive.

2016-05-14-18-38-59-hdr

Como se não tivéssemos problemas suficientes, o Coríntio também está à solta no mundo humano. Ele, que foi criado para ser a personificação antropomórfica do medo do escuro e do desconhecido, encontrou no assassinato em série um hobby à sua altura. Ele, inclusive, inspirou uma série de seriais killers pela América, e está à caminho de encontrá-los em uma convenção bastante única… No mesmo hotel em que Rose e Gilbert – seu vizinho e amigo, que é muito mais do que aparenta – estão hospedados… Com Jed sequestrado no porta-malas e, ah, eu já disse que a Rose é uma potencial arma de destruição mundial, certo?

2016-05-14-18-39-44-hdr

Lógico que nem tudo são problemas e mortes horríveis. Entre todos estes acontecimentos nós temos uma história meio flashback sobre um homem que, um belo dia, decidiu que não ia morrer… E não morreu. Curioso e, ainda que não quisesse admitir, solitário, Sonho vê neste homem um amigo, e o encontra há cada século, acompanhando os altos e baixos da vida daquele homem que, não importa o tamanho da desgraça, sempre quer continuar vivo, porque ainda há muita coisa a ser vivida.

E, se vocês me perguntarem, daqui pra frente a história fica cada vez melhor.

2016-05-14-18-40-10-hdr

Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

Nenhum Comentário

Deixe uma Resposta