Acompanhe:
Música

I WANNA ROCK! – Meus álbuns de Rock favoritos + playlist destruidora!

Reprodução

Reprodução

Plugue a sua guitarra imaginária, tire os sapatos antes de subir na mesa e tente não quebrar o vaso da sua mãe, porque hoje é dia de rock! Hoje é dia de maldade! Dia de usar calça e jaqueta de couro, dia de colocar 300 patches e pins na roupa, dia de usar munhequeira, dia de usar aquela camisa de banda que já deveria ter virado pano de chão há 3 anos mas você AMA. Dia de usar corrente pendurada na calça, usar dois anéis em cada dedo, fazer sinal de heavy metal pra velhinha do outro lado da rua, dia de usar coturno, plataforma, sapato de sola tratorada, dia de usar luva de motociclista sem nem saber andar de bicicleta. Dia de não pentear o cabelo, de usar roupa com spike, rebite, calça que já veio rasgada da loja, usar maquiagem carregada, dia de mãe tirar o filho de perto de você e fazer o sinal da cruz, dia de arranjar briga no bar, dar pitaco na música ambiente, jogar cabelo na cara dazinimiga, gritar até ficar rouco e fingir que é gutural. Hoje é dia de maldade!

(Honestamente, eu poderia fazer isso pra sempre).

Para celebrar esse dia tão maravilhoso, em homenagem ao melhor estilo musical de todos os tempos, eu decidi fazer o favor à nação que é este top 5 dos meus CDs de Rock favoritos, com playlist quebradeira pra finalizar bem a noite!

1 – Operation: Mindcrime (Queensryche)

Reprodução

Reprodução

Provavelmente a minha banda favorita mais favorita de todos os tempos da vida inteira. E esse é, sem sombra de dúvidas, o meu álbum favorito da vida inteira MESMO! Não basta cada música ser um hit melhor do que o outro e subir a sua adrenalina para o teto, fica ainda melhor! Isso porque as músicas contam a história de Nikki: um rapaz viciado em heroína que é recrutado pelo misterioso Dr. X, que usa de lavagem cerebral e do vício em drogas para transformá-lo em um soldado da sua causa anárquica. Para saber o que acontece com Nikki e a freira Mary, sua amante, você precisa ouvir até o final!

2 – Shallow Bay: The Best of Breaking Benjamin (Breaking Benjamin)

Reprodução

Reprodução

EU SEI que esse álbum foi o motivo da banda se separar parcialmente e ficar séculos em hiatus, tudo porque, na hora, pareceu uma boa ideia lançar no mercado um álbum “best of” sem comunicar o líder da banda primeiro, mas isso não quer dizer que o álbum não seja INCRÍVEL. Afinal, é um acumulado das músicas mais legais de uma banda por si só já muito legal E tem a música de Halo. Ben, mozão, me desculpa, mas eu só vi vantagem.

3 – Burials (AFI)

Reprodução

Reprodução

AFI fez parte da minha faze emo, da minha fase punk-rebeldia-pura e faz parte da minha fase gótica trevosa rainha da escuridão perpétua atual! Eu chorei real por ter perdido o show deles no Lollapalooza, porque eu realmente AMO Burials com todo o meu coraçãozinho. Eu já devo ter escutado esse CD inteiro, de trás pra frente e de ponta cabeça, umas 200 vezes e as músicas. Continuam. Incríveis.

4 – Going to Hell (The Pretty Reckless)

Reprodução

Reprodução

A kiridinha da Taylor é uma rockeira nervosa como há muito tempo não se via por aqui. Mais legal que esse CD só a notícia de que o novo single da banda vai ao ar amanhã. The bitch is back and I’m SO ready.

5 – Alchemy, Vol. 1 (Poets of the Fall)

Reprodução

Reprodução

Eu amo Poets of the Fall por si só, e mais ainda por eles terem feito tão bem a trilha sonora de Alan Wake. Esse CD, de quebra, tem todas, todinhas as músicas que eu mais gosto deles. Quem me apresentou a banda foi o Euclides, e esse é um dos motivos pelos quais eu decidi casar com ele: não dá pra deixar escapar alguém com um gosto musical assim tão bom.

E é claro, como aqui eu não cheguei nem perto de resumir todos os monstros do rock que merecem menção, tem também a minha playlist, feita com muito carinho especialmente para este dia, se liga só:


Keep rockin’, folks!

barra_bg

13600009_1284756974867986_8409017520840350646_n

Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

4 Comentários

  • Responder Chris Pereira - Don't Stop

    O meu top de CDs de rock favorito ficaria asssim: 5. In Rainbows – Radiohead; 4. (What's the Story?) Morning of Glory – Oasis; 3. In Utero – Nirvana; 2. The Alchemy Index (todos volumes hahahaha) – Thrice; 1. Meteora – Linkin Park. Adorei sua seleção de favoritos, muita música que eu nem lembrava mais da banda e AFI – não tive uma fase Emo, mas, conheci a banda por esse álbum, e curti bastante. hahahaha Agora vou ficar agora ouvindo a playlist hahahaha.
    Beijoss,
    http://www.dontstopblog.com //

    18 de julho de 2016 às 22:54
  • Responder Lari Reis

    Duas alegrias com esse post: ver várias bandas que eu não conheço/não ouço, porque é sempre bom ser lembrada da vastidão do universo musical. E ver um álbum que eu não ouço há muito tempo e que faz parte da história do Yellow: Going To Hell. Muito bacana 🙂

    Yellow Ever Shine

    19 de julho de 2016 às 21:46
  • Responder Marcela Fabreti de Oliveira

    Como assim você não teve uma fase emo? :O Talvez isso signifique que a sua fase emo ainda vai acontecer? Aproveita que My Chemical Romance tá voltando! HAHAHA Da sua lista eu só não conheço Thrice, já o resto, FALA SÉRIO, tudo muito bom <3

    23 de julho de 2016 às 00:27
  • Responder Marcela Fabreti de Oliveira

    Conhecer banda nova é tudo de bom, né? Espero que você goste das minhas recomendações! Haha, e que legal que esse post acabou sendo nostálgico pra você, hehehe.

    23 de julho de 2016 às 00:28
  • Deixe uma Resposta