Acompanhe:
Pessoal

FLW VLW 2k15!

Reprodução

Reprodução

(perdoem pela zoeira do título, hehe)
ESTÁ ACABANDO O ANO DE 2015!

Também conhecido como o ano que durou tipo uma década.

Mas eu não tenho do que reclamar. Apesar de altos perrengues, altas tretas muito loucas e uma ou duas pessoas que eu quase soquei no decorrer do ano, doismilequinza foi sensacional.

Começando pelo começo (que obviamente é março, e não janeiro como alguns de vocês imaginam), esse ano eu tive a primeira festa surpresa de aniversário da minha vida. Isso significa que esse foi o primeiro ano em que eu não odiei a data ou o fato de ser meu aniversário desde os bons tempos de cantar parabéns na escolinha antes da hora do lanche. Eu estava acostumada a colecionar lembranças terríveis nessa data, sendo 2014 a cereja do bolo e, curiosamente, esse ano o que eu ganhei foi uma lembrança maravilhosa. Foi tão legal que janeiro tá chegando e eu nem estou com vontade de começar a cavar um buraco pra me esconder em março!

Em abril eu voltei com o blog! Estava morta de saudades, em uma abstinência de viciado e roendo as unhas de vontade de voltar a blogar. Eu consegui reunir tempo, coragem e ideias o suficiente para reativar a página (que estava abandonada há um ano) e olha só onde a gente chegou até agora! Foram mais de 50 posts, uma reforma visual, uma página no Facebook (que você inclusive deveria curtir!), interação e divulgação em zilhares de páginas, muitos blogs incríveis encontrados e muita, muita, MUITA gente bacana que eu conheci pelo caminho, e que só me deixam com mais vontade de participar desse mundo a cada dia. Não quero fechar esse ano sem deixar vocês sabendo que vocês me inspiram muito, e eu adoraria abraçar cada um de vocês com força!

Em maio (eu juro que não tô pretendendo fazer um remember mês a mês, mas a vida é daora comigo e me joga uma coisa importante de cada vez) eu consegui o meu primeiro emprego que, apesar de ser um estágio, eu vou continuar chamando de emprego porque faz eu me sentir mais importante e adulta, hehe. Por lá eu conheci muita gente legal e aprendi muito, e por um tempo eu ia saltitando de felicidade pra lá todos os dias. Como nem tudo são flores, por lá eu também conheci gente escrota pra cacete, o que só serviu para que eu aprendesse mais lições valiosas (por exemplo: não seja um administrador burro, não se ache o último cigarro do rolê ou a última cerveja gelada da balada e, sobretudo, não trate as pessoas como se elas nunca fossem conseguir algo melhor pra vida delas).

Nos tempos difíceis, eu tinha pessoas incríveis e bacanas do meu lado pra me ajudar a superar os obstáculos, o que com certeza impediu que eu fizesse alguma merda cabulosa. No fim do dia, esse estágio me deu exatamente o que eu procurava: a maldita da experiência anterior. Tenha isso e o mundo é seu, e oportunidades que antes disso pra mim eram impossíveis e eu tinha até medo de arriscar, agora no fim do ano surgiram aos montes, o que só me dá mais gás pra 2016!

Esse ano eu também descobri que precisava usar óculos! Gente, tanta coisa fez sentido depois disso que vocês nem imaginam! Quanta zoação dos coleguinhas escrotos  por não ser boa em Counter Strike eu não teria evitado se tivesse descoberto isso anos atrás, HAHAHA! Aliás, sendo o primeiro ano em que eu recebi um salário, vocês podem imaginar que foi o ano mais consumista da vida inteira.

Agora, talvez a coisa mais importante e difícil que aconteceu comigo esse ano foi: eu criei coragem pra tirar muita gente ruim da minha vida. Mano, isso foi difícil pra cacete, perdi meses de sono no processo, tinha pesadelo e acordava gritando todas as noites e, no fim, POOF! Eliminei toda a negatividade, toda a energia ruim, toda a ziquizira das pessoas horríveis que eu tinha à minha volta pra garantir que eu vou entrar em 2016 NA PAZ e que esses zoados não vão voltar nunca! Me custou uns quilos, mas achei um preço justo. Inclusive, 2015 foi o primeiro ano em que eu QUASE atingi o peso ideal. Bateu na trave com o auxílio de muita batata frita, hambúrguer e milkshake. Quero tentar isso de novo ano que vem, mas sem que minha dieta consista basicamente de lixo radioativo alienígena.

E, pra coroar: além das várias pessoas incríveis que eu conheci no decorrer do ano (e foi mais gente do que eu imaginava!), eu passei todos, todos, T-O-D-O-S os dias do lado do amor da minha vida. Figurativa e literalmente. O Euclides ou esteve por trás dessas coisas maravilhosas que aconteceram comigo, ou esteve do meu lado enquanto elas aconteciam. O apoio dele foi essencial para que eu voltasse com o blog, e ele foi o principal motivo de eu não ter dado na cara de c e r t a s  p e s s o a s. Ele é tipo o meu Grilo Falante, só que mais alto, mais gato e com mais senso de humor. Em resumo: só vi vantagem. Gostei tanto que assinei um contrato vitalício.

Então é, 2015 foi legal, mas tudo indica que 2016 vai ser SENSACIONAL! Eu pretendo trabalhar mais, blogar mais, me divertir mais e conhecer ainda mais gente legal. Espero que a gente se cruze ano que vem também! Falou, valeu e até 2016!

Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

Nenhum Comentário

Deixe uma Resposta