Acompanhe:
Crônicas

Amor de Hipocondríaca

194d52ccae3e335d67715afe13a7fc71

Reprodução / Minha homenagem ao dia dos namorados, ao cara que eu amo tanto e aos outros casais que se consertam por aí.

Eu não consigo evitar de achar engraçado
que eu não preciso de remédio pra dormir
quando você dorme do meu lado.

E o meu coração
(que também é todo errado)
se acalma e bate
no mesmo ritmo do seu.

E se, por ventura, eu acordar
sem lembrar como se faz pra respirar
eu assisto o sobe e desce do seu peito.

E repito
e inspiro
e expiro
e repito.

E se eu acordar assustada
claustrofóbica,
perdida,
sufocada,

Você segura a minha mão
até que eu me lembre onde eu estou
e que eu estou segura do seu lado.

E aí você me segura por inteiro.

E eu não consigo evitar de achar engraçado
que eu não tenho medo de dormir
quando você dorme do meu lado.

E você sabe que o seu toque
é o único que, pra mim,
não é um esforço suportar.
E é o único toque que eu gostaria de sentir

De novo
e de novo
e de novo

E mesmo quando eu precisar deixar as luzes acesas,
ou as portas do armário bem fechadas
ou a minha toalha de banho jogada
em cima do espelho da sala

Você nunca vai me interrogar
ou achar a minha mania engraçada
Ou usar minha fraqueza contra mim quando eu,
de repente,
precisar colocar tudo de volta no lugar

Porque você entende o medo que eu sinto
os problemas que eu tenho
e os comprimidos enfileirados
na prateleira do banheiro.

E eu não consigo evitar de achar engraçado
que eu passei a gostar da hora de dormir
porque é você que dorme do meu lado.

Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

2 Comentários

  • Responder Clayci

    Que lindo!!! *_* Compartilhei

    http://www.saidaminhalente.com

    15 de junho de 2015 às 13:38
  • Responder Marcela Fabreti de Oliveira

    Hahaha, muito obrigada! Fico feliz por ter gostado! 😉

    15 de junho de 2015 às 21:28
  • Deixe uma Resposta