Acompanhe:
52 semanas TAG

[52 semanas] Semana 3: Coisas para se fazer no calor

Reprodução / Sheldon the tiny dinosaur who thinks he's a turtle

Reprodução / Sheldon the tiny dinosaur who thinks he’s a turtle

Nunca mais usar calças!
Principalmente dentro de casa. Na verdade, acho absolutamente opressivo precisar usar qualquer tipo de roupa dentro de casa, ainda mais quando está calor. Em dias quentes você tem que ficar super criativa com as roupas, porque não rola ir trabalhar de shorts ou de roupa curta. Aliás, um negócio que eu tenho muita vontade de arriscar qualquer dia são essas bermudas quase calças capri feitas com o mesmo corte e tecido de calças sociais/de terno. Ei, fashion blogs, me avisem de alguma estagiária de Direito que usou isso em escritório e não foi demitida!

Substituir todas as refeições por sorvete.
A menos que esteja tão quente, mas tão quente, que você não consegue nem pensar em ingerir alguma coisa que não seja água de coco ou um suquinho bem gelado. No calor eu fico meio ~das arábias~ e só quero viver de água, frutas e sementes. Só de ver aquela panelona de carne de 15kg minha pressão já cai.

Passar terrivelmente mal quando sai na rua e chegar toda estragada ao destino.
Minha história em uma frase. Inclusive eu sempre preciso de uns 20 minutos para me recuperar, porque eu chego vendo tudo de ponta-cabeça. Aí eu preciso de mais meia hora pra encontrar a disposição que derreteu pelo caminho e não chegou comigo, porque ai que falta de vontade que me dá quando tá calor.

Esfregar na cara de todo mundo caso você more em um prédio ou casa com uma piscina decente.
Eu, no caso, sou a pessoa cuja cara será esfregada nesse fato horrível. Na verdade, acho que nem se eu tivesse a piscina mais incrível do mundo eu ia aceitar colocar um biquíni e me expor ao sol, a ideia é simplesmente horrível demais. Eu sou dessas que fica do lado de dentro, no ar condicionado, vendo as pessoas se bronzeando sem entender que diabos elas estão fazendo e por que elas não vão pra sombra.

Rezar por dias melhores.
Afinal de contas você acorda e vai dormir com o único pensamento de “POR QUE, DEUS?”. Isso quando você conseguir dormir, porque deixar a janela aberta dificilmente é uma opção, seja pela quantidade avassaladorade insetos que vai tentar te carregar pra fora do quarto, seja pela tempestade caindo lá fora que só vai servir para transformar aqui dentro em uma sauna. Inclusive, sabe quem adora o calor? Baratas. Deixa a janela aberta depois dessa que eu quero ver.

Reclamar que você odeia o calor.
Mas isso a gente já faz todo dia, independente da temperatura. Na verdade, “eu odeio o calor” é uma ótima maneira de começar um diálogo logo depois de se apresentar. Se a pessoa com quem você está conversando também detestar o calor, vocês estarão automaticamente um pouco mais próximos. Oi, meu nome é Marcela e eu odeio o calor, vamos ser amigos? Lógico, respeitando o espaço pessoal de cada um, porque Deus me livre ter contato físico com alguém num dia quente. Eca.

Abraços a todos que acham de 21 graus já é forçar a amizade.

Compartilhe:
Comente:
Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar de:

2 Comentários

  • Responder Maria Eduarda {@dudsparrow}

    HAHAHAHAH sério, eu amo o calor mas fui obrigada a concordar com tudo! É hora de retomar a amizade com os amigos com piscina! hahahaha
    boa semana 🙂

    Red Behavior

    15 de dezembro de 2015 às 18:31
  • Responder Marcela Fabreti de Oliveira

    Não sei o que é maior: a vontade de entrar na piscina ou a vontade de ficar encolhida num canto na sombra com ar condicionado na cara.

    18 de dezembro de 2015 às 02:06
  • Deixe uma Resposta