Acompanhe:
    Livros

    Sabriel – A Missão da Guerreira, de Garth Nix

    Não importa a sua idade, se você está atrás de uma coleção de fantasia complexa e extremamente bem escrita, com um sistema de magia inovador, personagens cativantes e animais falantes, Sabriel, do selo Jovens Leitores da Editora Rocco, é pra você.

    Sabriel é o primeiro volume de uma coleção escrita por Garth Nix (antes que você me pergunte, este é o nome verdadeiro do autor, pode acreditar). Infelizmente, apenas três de cinco livros foram traduzidos pelo português, de forma que, se a Rocco não tomar uma atitude logo, eu vou ser obrigada a desencadear uma revolução (ou comprar a coleção inteira em inglês, porque gosto de capas combinando).

    A história é tão rica, e a magia tão complexa e detalhada que, honestamente, eu só vou conseguir te dar uma noção do que te aguarda dentro das páginas desse livro. Interprete essa resenha como uma preview livre de spoilers da aventura maravilhosa que está esperando por você, e não perca esta oportunidade.

    Sabriel é uma adolescente que vive na Terra dos Ancestrais, porém perto o suficiente do Muro para que suas professoras do Colégio Feminino Wyverley possam ensinar magia para aquelas com a inclinação e o interesse para tanto. O Muro é guardado com severidade por guardas comuns e Magos da Ordem igualmente, para garantir que nenhuma criatura do Reino Antigo consiga cruzar para o outro lado, salvo, é claro, pelo Abhorsen.

    Enquanto a Terra dos Ancestrais equivale à Austrália (país de origem do autor) do início do século XX, o Reino Antigo é um lugar onde a Magia Livre e a Magia da Ordem correm livremente, competindo por espaço. O Muro separa ambos os reinos de maneira física e metafísica, de forma que grande parte dos habitantes da Terra dos Ancestrais não acredita nem em magia, nem no que existe do outro lado do Muro. No entanto, quanto mais perto dele você se aproxima, menos a tecnologia funciona, e maiores são as chances de algo inexplicável acontecer quando o vento sopra do norte para o sul.  E, desde o massacre da Família Real, necromantes e outras entidades elementais praticantes de Magia Livre ficam cada vez mais poderosos, colocando em risco a vida dos Magos da Ordem e a existência de ambos os reinos.

    A última esperança da Ordem é o Abhorsen, título dado ao único Mago da Ordem que pode carregar os sinos de um necromante, misturando em si dois tipos opostos de magia, manipulando o caos para estabelecer a paz. No entanto, tudo muda quando Sabriel recebe para si os sete sinos, descobrindo, de uma só vez, que todas as lendas sobre o Reino Antigo eram reais, que seu pai era o Abhorsen e que ele havia sido morto por uma entidade de poder nunca antes vista, já tendo cruzado o Sétimo Portão e não mais conseguindo voltar ao mundo dos vivos por conta própria.

    Cada um dos Sinos que Sabriel recebe de seu pai possui um poder diferente, e equivale a um dos Sete Portões da Morte, por onde necromantes e o Abhorsen conseguem ir e voltar quase sem maiores desafios.  Munida desses sinos e de praticamente nenhum conhecimento mágico além do básico que aprendera na escola e do pouco que seu pai lhe ensinara em vida, ela começa sua jornada para além do Muro, onde precisará desesperadamente aprender a usar os Sinos e descobrir como derrotar a criatura que está, aos poucos, destruindo todos os selos que mantêm a Magia da Ordem e o Muro intactos.

    Sua aventura começa na Casa do Abhorsen, ocupada por todos aqueles que ostentaram o título até seu pai. Lá ela conhece Mogget, uma criatura sarcástica feita de Magia Livre, porém controlada pelos símbolos da Magia da Ordem para guiar e servir o Abhorsen. Assumindo a forma de um pequeno e irritadiço gato branco, Mogget acompanha Sabriel em sua aventura tanto para deter os Mortos quanto para resgatar seu pai. Em pouco tempo, ela também conhece Touchstone, um guarda da Família Real que esteve presente no massacre e foi aprisionado por duzentos anos, assumindo, por vergonha, o nome de um bobo-da-corte quando é liberto (a Rocco adotou aqui a tradução literal do nome, ficando Pedra de Toque. Foi o único detalhe da tradução que eu não concordei por motivos poéticos).

    Acompanhar a evolução de Sabriel é simplesmente delicioso. É importante ter em mente que ela não sabia praticamente nada de magia, sendo uma dessas pessoas que é jogada no meio de um campo de guerra sem nem saber pra que lado o cano da arma deve ser apontado, e cada lição que ela aprende é um fator definitivo para sua sobrevivência (e a do resto do mundo). O cenário, as criaturas e o funcionamento da magia também são simplesmente impecáveis. Na verdade, eu ouso dizer que Garth Nix criou o sistema de magia mais crível e realista que eu vi até agora. Realmente acredito que, se magia existisse, seria mais ou menos assim que ela funcionaria, tamanho o talento narrativo do autor.

    O livro, que tem quase 400 páginas, acaba virando uma leitura super rápida porque é impossível não devorá-lo (eu devo ter lido em dois ou três dias, e já estou lutando contra a vontade de ler de novo), assim como é impossível não ficar simplesmente viciado no universo onde a história se passa. Sabriel é tão detalhado e completo que a coleção se torna leitura obrigatória para todos os fãs de fantasia, e quem termina este volume mal pode esperar para começar Lirael, o segundo título da coleção.

    Falando como uma pessoa que leu os três livros tão rápido quanto conseguiu (e não tá se aguentando de vontade de ler Clariel e Goldenhand, que ainda não foram traduzidos pro português), a coleção Abhorsen se tornou, com certeza, uma das minhas favoritas da vida, e se eu descobrir que todos os livros de Garth Nix seguem o mesmo estilo narrativo impecável, na certa ele vai virar um dos meus autores favoritos também.

    Caso você, leitor, esteja aí suspirando de vontade de encontrar um livro que te agarre pelo pescoço, te tire do chão e te jogue em um universo que você daria tudo para ver de verdade, então leia Sabriel e volte aqui pra me agradecer depois.

     

    Reprodução

    Título: Sabriel: A Missão da Guerreira (Série O Reino Antigo, vol. 1)
    Título Original: Sabriel (Abhorsen #1)
    Autor: Garth Nix
    Tradução para o português: Chico Lopes
    Editora: Rocco Jovens Leitores
    Ano: 2011
    ISBN: 978-85-7980-023-8
    Nota: 9,0/10,00
    Sinopse: Em uma terra dividida entre a modernidade e a magia, o equilíbrio está por um fio. Uma entidade maligna surge com sede de destruição. Só uma jovem pode evitar que isso aconteça: Sabriel.
    Compre pela Amazon: Clique aqui para comprar Sabriel, e ajude o blog a crescer!

    Compartilhe:
    Comente: